fbpx

45 ANOS DA CASA DO PAPEL

Do que é feita uma empresa? São os produtos à venda nas lojas? São os inúmeros computadores? São as tabelas de estoque? Sim. Mas acima de tudo isso estão as pessoas. Um empresa é, em grande medida, aqueles que a compõe. 

Acreditamos que o trabalho é apenas uma parte da vida de qualquer um, afinal, cada colaborador é muito mais do que apenas a sua função diária. No entanto, também é preciso reconhecer que a rotina em uma empresa abarca diversos aspectos, constrói vínculos, amizades, estimula a criatividade e cria lembranças, algumas engraçadas, algumas agradáveis e outras nem tanto, tal qual a vida.  

Pensando nisso, decidimos comemorar os 45 anos da Casa do Papel conversando um pouco com alguns de nossos colaboradores mais antigos. Queríamos saber seus hobbies, seus causos, sua evolução e vínculo com a empresa.

Rochele entrou na Casa do Papel em maio de 2009, sua função inicial era de Compradora, hoje ela ocupa o cargo de Gerente Administrativo. Quando perguntamos se ela tinha alguma história sobre a sua vivência na empresa, a respostas foi muito bonita:

“São muitas histórias. Vir trabalhar na Casa do Papel foi muito importante na minha vida. Eu tinha perdido minha mãe havia um ano, e ter novos desafios, novas tarefas, novo ambiente, novos colegas, com certeza tudo isso me ajudou a seguir em frente, trabalhar aqui me deu novo ânimo.”

Depois dessa bela resposta, ela nos contou também uma questão bastante curiosa, que só quem trabalha ao seu lado entende:

“Lembro que quando mudamos o administrativo, a sala era toda aberta, muitos setores juntos, e eu, falando alto como sempre, era motivo de risos, até hoje os colegas me imitam: Oi, queriiiiido! (hahaha), Ufa, ainda bem que logo colocamos as divisórias. É como sempre digo, acordo todos os dias feliz para vir trabalhar.”

Já que sabemos que a vida é muito mais que só bater cartão, a Rochele nos contou também que seu hobbie predileto é: “Ir ao Beira-rio ver os jogos do meu time. Sou colorada de coração!”

Conversamos também com o Cristiano, que começou seu vínculo conosco no ano de 2001, como Consultor de Informática. Hoje, 18 anos depois, ele é Gerente de Área Administrativo|TI. Quando perguntamos o que havia mudado em todos esses anos, a resposta foi: “Mudou muito. Fisicamente, era somente uma loja, não lembro se chegava a 30 funcionários. Hoje são 19 lojas e mais de 200 funcionários. A loja ficava embaixo de um mezanino de madeira. Neste mezanino era o escritório e televendas. Em termos de visão e cultura, evoluiu muito. Quando cheguei, não havia nenhum gerente, era só a direção e a equipe. Hoje temos 2 níveis de gerência.”

Quando perguntamos qual era o seu hobbie preferido, ficamos impressionados com a versatilidade:

“Já fiz atletismo, montanhismo, remo, Aikido. Atualmente corro e foco em socorrismo pré-hospitalar e tiro desportivo.”

Uau, Cristino! Quem dera todos tivessem tantos hobbies e habilidades.

Outro funcionário que conversamos foi o Zeca. Ele entrou na empresa faz nada menos que 21 anos como Auxiliar de Estoque, hoje é o Gestor de Categoria. Essas duas décadas trazem tantas histórias que nem caberia nesse post. Para além do dia a dia, o Zeca é apaixonado por ciclismo e música Reggae! Vocês podem não acreditar, mas ele já pedalou mais de 230 km em um único dia! Foi pra Tramandaí, tomou um banho de mar, e voltou!

Quando pedimos pro Zeca descrever a Casa do Papel em uma frase, a resposta veio em apenas uma palavra: “família”.

Foi pensando nesses colaboradores e em tantos outros que comemoramos o aniversário de 45 anos da Casa do Papel. Confere abaixo algumas imagens do café de manhã de aniversário de 45 anos da Casa do Papel. Foi uma festinha regada a bolo, risadas e homenagens.

Rolar para o topo