fbpx

5 DICAS PARA ACELERAR O SEU WI-FI

Sua rede Wi-Fi não está dando conta das suas necessidades? Confira uma série de dicas que podem ajudar você a bombar o Wi-Fi da sua casa ou trabalho sem ter que comprar um roteador novo.

1 – POSIÇÃO

Muitas pessoas subestimam o fato do sinal wireless ser alterado por inúmeros fatores. Colocar o roteador em certo local pode gerar um bom sinal para a sala, mas um péssimo sinal para  quarto. Às vezes, fazer algo simples como mudar o local do roteador já pode ser o bastante para melhorar o sinal.

O fator principal para a perda de sinal é a distância. Quanto mais distante você estiver do roteador, menos sinal você terá. Mas existem alguns outros detalhes a respeito do sinal que são importantes você conhecer.

Paredes: é sim verdade que as paredes da sua casa podem alterar o sinal de Wi-Fi. No entanto, isso vai depender do que são feitas as paredes, mais especificamente, quão denso é o material das paredes. Concreto sólido são certeza de diminuição de sinal. já paredes de madeira ou gesso tem pouco efeito.

Interferência: Ainda que seu computador esteja perto do roteador, outros dispositivos eletrônicos pode afetar o seu sinal. Smartphones, televisores, videogames, tablets, tudo isso pode interferir na qualidade do wireless que chega até o dispositivo que você está precisando utilizar no momento.

Altura: Se você vive ou trabalha em algum local com dois andares, algo simples como colocar o roteador no teto do primeiro andar pode ser o suficiente para cobrir uma área muito maior.

2 – UMA ANTENA MAIS FORTE

Antes de já sair comprando um roteador novo, pode ser interessante procurar trocar a antena do seu roteador atual. Normalmente, os roteadores vêm de fábrica com uma antena pequena, de 4dB e com poucos centímetros de comprimento. Existem, no entanto, antenas maiores, de 10dB, elas chegam a ter mais de 30 centímetros. Assim, se você não se importar com o tamanho, trocar a antena por uma maior e mais poderosa pode dar um boost na sua rede wireless. Todas as antenas de Wi-Fi usam o mesmo conector RP-SMA, então pode ficar tranquilo ao comprar uma.

3 – UTILIZE UM CANAL QUE NÃO ESTEJA CONGESTIONADO

Quando se vive em locais urbanos de alta densidade demográfica, como centros, prédios ou blocos, a profusão de roteadores pode interferir nos sinais.  Selecionar um canal menos congestionado vai melhorar bastante o seu sinal. É como dirigir por uma estrada sem engarrafamento. Existe um total de 11 a 14 canais disponíveis, dependendo do país. Selecionando um canal pouco usado no seu bairro, você tende a aumentar a velocidade. Para saber qual é o melhor canal para você escolher, existem alguns softwares que você pode utilizar.

4 – ADQUIRA UM REPETIDOR OU BOOSTER

Ainda que eles tenham muitos nomes, como boosters, repetidores ou extensores, todos são basicamente a mesma coisa. De forma simples, eles pegam o sinal de Wi-Fi, amplificam e transmitem novamente.

5 – TROQUE PARA FREQUÊNCIA 5 GHz

Se o seu equipamento de roteador tiver essa possibilidade, mude para a frequência 5 GHz, ela propicia mais velocidade de dados em distâncias curtas e normalmente é menos ocupada do que a frequência wireless tradicional de 2.4 GHz.

Rolar para o topo