fbpx

TECNOLOGIA EM SALA DE AULA

Precisamos falar sobre tecnologia em sala de aula!

Caso existisse uma máquina do tempo capaz de trazer um viajante de 1850 para o ano 2020 é certo que ele estranharia quase tudo ao seu redor. O mundo mudou muito! Seus olhos ficariam maravilhados com as luzes das grandes cidades e com prédios que alcançam os céus. É provável que não acreditasse quando se deparasse com um Smartphone, com o Google, com a internet, com vídeo-chamadas. E o que ele pensaria ao descobrir que, todos os dias, milhares de pessoas sobrevoam oceanos na velocidade de quase mil quilômetros por hora dentro de enormes pássaros de metal!? No entanto, há um local onde nosso aventureiro do tempo se sentiria em casa: na sala de aula. 

Há quem diga que hoje em dia temos alunos do século vinte e um, professores do século vinte e um método de ensino do século dezenove. Isso significa dizer que, ainda que a tecnologia não esteja necessariamente dentro de sala de aula, ela certamente está na vida dos alunos. Assim, o que procuraremos expor neste post são algumas formas através das quais a tecnologia pode entrar na sala de aula favorecendo alunos e professores. 

1. Que tal um tour virtual?

Se algum local que você gostaria de mostrar aos seus alunos está fora do alcance, uma boa dica é estimular uma viagem virtual através do Google Cardboard. 

Existem aplicativos nos quais você pode explorar construções famosas, como o Coliseu, o Empire State Building, além de belezas naturais, como canyons e montanhas. 

Uma característica do Google Cardboard é o fato de que ele não é muito caro, mas o que é ainda mais legal é que o Google disponibiliza um tutorial para que você e seus alunos façam os Cardboards, o que pode ser uma atividade muito legal. Confere no link: https://vr.google.com/cardboard/get-cardboard/

2. Antecipe saídas de campo

Outra dica parecida com a anterior é utilizar o Google Earth para explorar locais antes de visitas reais. 

Digamos que a turma vai para fazer uma caminhada pelo centro da cidade para conhecer a história das igrejas, praças museus. Você pode aproveitar o Google Earth para fazer um primeiro passeio virtual, mostrando um pouco do que será visto e aumentando o desejo dos alunos em realizar a saída de camṕo.

Tudo o que você precisa é de um dispositivo conectado a um projetor. 

3. Use vídeos para mini aulas

Você pode dar um boost nos seus planos de aula utilizando pequenos vídeos que tratem dos temas que você pretende trazer. 

O youtube tem uma infinidade de vídeos sobre os mais diversos temas. Então na hora de preparar a aula você pode trazer algo para colaborar com o seu ensino. 

O efeito de trazer material multimídia para o ensino ajuda a tornar a aula mais dinâmica, mantendo os alunos interessados. 

4. Toque Podcasts

Tocar podcasts relevantes ao seu tema pode ser uma ótima forma de adicionar conhecimento a suas aulas.

A grande variedade de podcasts permite uma vasta gama de possibilidades. Você pode procurar entrevistas com o autor do livro que você está estudando com os alunos, pode explorar leituras de outros professores. 

Para alunos de ensino médio, uma ideia interessante é estimulá-los à produção de um podcast próprio. 

5. Mande conteúdo personalizado

A sala de aula é um local múltiplo e recheado de alteridade. Alguns alunos são muito bons em algumas matérias, enquanto alguns têm mais facilidade com outras. Assim, por que não utilizar a tecnologia para personalizar cada vez mais o ensino de acordo com as aptidões de cada um?

Uma boa dica é, conhecendo os alunos, enviar para cada um conteúdos de seu interesse, além de exercícios que estejam de acordo com seu momento. 

6. Compartilho o calendário de aulas online

Para manter os estudantes informados a respeito dos conteúdos a serem estudados, crie e compartilhe um calendário de aulas onde existam detalhes sobre as lições e datas mais importantes. 

Programas como o google calendar podem cumprir essa tarefa de forma positiva. 

Essa prática não apenas mantém os alunos informados, mas também os ajuda manterem-se organizados.

7. Estude, resenhe e critique conteúdos da Web

Em tempos onde nem toda informação disponível na web é confiável, torna-se importante ensinar os alunos a criarem uma visão crítica. 

Assim, é interessantes trazer conteúdos online, além de comentários em notícias. Isso é importante para que crie-se na sala de aula um espaço de liberdade e crítica, onde alunos possam concordar e discordar, tudo isso dispondo da mediação do professor. É fundamental que este exercício de diálogo tenha como norte o respeito a informações verídicas. A verdade é que, hoje em dia, muito do que encontramos online não tem lastro na realidade. 

Confira também como desenhar pode desenvolver as capacidades das crianças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo