CURIOSIDADES SOBRE A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA

O Brasil é de fato um país peculiar. Por aqui as coisas não acontecem como em outros lugares do mundo. A verdade é que, politicamente, a história nacional é um tanto peculiar, e os grandes eventos como a independência e a proclamação da República são antes conchavos entre os poderosos do que propriamente um desejo nacional apoiado pelas massas populares. A independência do Brasil foi quase que uma discussão de família, cuja guerra foi sustentada por mercenários e não, como no caso das colônias africanas, pelo povo unido e armado. Ainda que o Brasil tenha de fato vivido movimentos republicanos um tanto sangrentos e duramente reprimidos pela monarquia, a proclamação da República de fato é antes “grande acordo nacional”, como já diria um famoso político. Confere algumas curiosidades da proclamação da República. 

1 – A amizade entre Deodoro e Dom Pedro II

O caso é que no ano de 1899 já existia uma enorme insatisfação de uma parcela importante do exército brasileiro para com a monarquia, no entanto o líder do exército, o Marechal Deodoro da Fonseca, era muito amigo do imperador Dom Pedro II, de forma que relutava em efetuar o golpe contra a monarquia. Conta-se que, quando percebeu que teria de ceder à pressão de seus colegas militares e destituir o imperador, o fez com enorme pesar.

2 – Uma mudança de última hora

Deodoro parmanecera fiel ao imperador até quatro dias antes da proclamação. Ele disse: “Eu queria acompanhar o caixão do imperador, que está idoso e a quem respeito muito. Mas o velho já não regula bem. Portanto, já que não há outro remédio, leve à breca a Monarquia. Que venha, pois, a República”.  

3 – Quem vai avisar o imperador?

Outra das curiosidades sobre a proclamação da república é o fato de que ninguém teve coragem de avisar o imperador do fato de que ele havia sido destituído. Demorou até um major se prontificar para entregar o telegrama informando a proclamação da república para o monarca, que foi acordado em plena madrugada. 

4 – Estão todos loucos!

O Imperador recebeu o telegrama e logo foi informado de que deveria abandonar o país ainda na madrugada. A razão disso era o fato de que os militares temiam manifestações a favor do monarca. Ao saber que teria que deixar o país em poucas horas ele apenas respondeu “estão todos loucos!”

5 – Não houve mortos! Não houve mortos?

É recorrentes o discurso de que a proclamação da república não fez nenhuma vítima, mas isso não é exatamente verdade. A notícia de que o imperador havia sido deposto demorou alguns dias para se propagar Brasil a fora, e quando chegou no Maranhão, ela não foi bem recebida por um grupo de ex escravos, estes negros tinham muito carinho pela Princesa Isabel em virtude da promulgação da lei áurea e, portanto, não aceitaram bem a República. Foram, então, ao centro da cidade e iniciaram um protesto que foi duramente reprimido. Estes homens, cujos nomes a história não gravou, foram os únicos mortos da proclamação da república no Brasil.

Confere também 10 curiosidades sobre a amazônia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo