6 DICAS DE ESTUDO PARA MELHORAR SUAS NOTAS

Estudar nunca é uma tarefa simples, mas algumas mudanças no seu comportamento podem ajudar muito na hora de  você alcançar as melhores notas. As 6 dicas de estudo abaixo são gerais, mas se aplicam tanto para quem procura dicas para estudar para o Enem, vestibular e colégio, quanto para quem busca dicas de estudo para concurso e OAB. Confere!

1 – PREFIRA VÁRIAS SESSÕES DE ESTUDO BREVES

Estudos apontam que sessões curtas, porém regulares de estudo são mais efetivas do que longas jornadas. Por exemplo, ao invés de estudar 10 horas em um dia, é muito mais eficaz estudar 20 jornadas de 30 min ao longo de alguns dias. Isso porque o cérebro é capaz de fixar melhor as informações em sessões de estudo de curta duração. Isso vale tanto para aprender alguma matéria na escola, no trabalho ou até mesmo aprender um instrumento musical ou ser capaz de jogar algum esporte. Um dos métodos de estudo em breves sessões se chama Método Pomodoro.

2 – EVITE ESTUDAR MUITO TARDE DA NOITE

Não se trata de inibir o estudante noturno, afinal, é provado cientificamente que diferentes pessoas têm diferentes horários biológicos. No entanto, estudar tarde da noite pode significar estudar cansado, isso prejudica a capacidade de memorização. Por outro lado, delimitar perfeitamente o horário de estudo durante um período no qual você não esteja cansado (e fazer desse horário um hábito) é uma excelente maneira de otimizar os estudos, pois você acaba treinando o seu cérebro para funcionar melhor em alguns períodos específicos que você já conhece.

3 – TENHA UM OBJETIVO DE ESTUDO BEM DEFINIDO

Saber definir exatamente aquilo que você quer aprender é uma das maneiras mais eficazes de chegar lá! Tenha em mente exatamente aquilo que você deseja aprender, sem nunca colocar objetivos grandes demais e nem períodos de estudo curtos demais. Saber definir os seus objetivos de forma assertiva e coerente é um desafio, mas uma vez aprendido, o estudo se torna mais simples do que nunca. Utilize canetas marca texto para que você consiga marcar, nos livros e exercícios, exatamente aquilo que você precisa saber. Filtrar o conhecimento que interessa é uma arte.

4 – SAIBA ENSINAR AQUILO QUE VOCÊ ESTUDOU

Estude com o objetivo de conseguir ensinar a outras pessoas aquilo que você aprendeu. Pesquisadores fizeram a seguinte experiência, deram a mesma matéria para um mesmo grupo de adolescentes, metade do grupo soube que teria que responder a uma prova a respeito da matéria, a outra metade foi informada de que deveria aprender a matéria para depois ser capaz de ensiná-la aos demais colegas. O resultado foi que o grupo responsável por ensinar acabou dominando a matéria e indo muito melhor no teste do que o grupo que estava apenas focado em realizar a prova, isso porque a necessidade de ensinar força nosso cérebro a colocar aquilo que estudamos de forma mais lógica e coerente. Essa é uma boa maneira de testar seus conhecimentos. Após o estudo, conte para alguém aquilo que você aprendeu, se você é capaz de ensinar outra pessoa, então você está pronto para as provas. Ter um caderno para fazer o resumo do conteúdo e organizá-lo mentalmente e no papel também ajuda.

5 – PRATIQUE

Praticar, praticar e praticar ainda mais! É colocando o seu conhecimento à prova que você consegue ver exatamente quais são os pontos fortes e fracos. A prática e a análise da prática é uma forma de otimizar os estudos. Use Post Its para marcar as questões que você não sabe responder e anote o que estudar no futuro.

6 – DEIXE SEU TELEFONE DE LADO POR ALGUMAS HORAS

Facebook, Instagram, Whatsapp, Snapchat, Pinterest e etc. Tudo isso pode ser muito legal, mas não no momento que você precisa dedicar algum tempo para os estudos. Isso não é novidade, mas é sempre bom reforçar que mensagens nas mídias sociais podem realmente atrapalhar o seu momento de dedicação.  

Então pessoal, essas foram algumas dicas de estudo da Casa do Papel!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo